Durante muito tempo, o planejamento para as atividades acadêmicas teve como centro o ato de ensinar. Portanto, a ação docente tornava-se o foco do planejamento. Contudo, na educação contemporânea, espera-se uma relação de parceria em sala de aula, descentralizando o docente desse processo. Segundo Anastasiou e Alves (2004)
Pensar a disciplina coletivamente significa pensa-la em relação a um aluno histórico e contextualizado, que deverá assumir o rumo de sua autoconstrução profissional, colocando-se como sujeito de seu processo de aprendiz. Esse “assumir-se” não se dará de forma mágica, mas como resultante da ação coletiva de todos os professores com os estudantes, ao longo de sua caminhada na universidade (ANASTASIOU e ALVES, 2004, p. 60).
Desse modo, possibilitar espaços para que docente e discente construam seus caminhos é fundamental para que possam mobilizar conhecimentos, analisar o processo, definir os objetivos e avaliar as aprendizagens a serem efetivadas.
Sabe-se que na Educação a Distância, as tecnologias digitais têm propiciado a comunicação e a interação entre pessoas, potencializando o compartilhamento de experiências, ideias e aprendizagens, possibilitando a construção do conhecimento de forma individual e coletiva.
Nesse contexto, evidencia-se a escrita coletiva como uma estratégia didático-pedagógica que privilegia os processos de troca, de interação, negociação e cooperação entre os sujeitos. Para isso, é imperativo que tal tecnologia contemple recursos que permitam potencializar e qualificar o conteúdo elaborado pelos sujeitos.
Nesse sentido, destacam-se os sistemas de recomendação de conteúdos, pois são ferramentas que possuem o propósito de auxiliar o sujeito em suas pesquisas e produções, a fim de otimizar o tempo de navegação (buscas) e de descobrir recursos de interesse com base no perfil do usuário. Logo, compreende-se que a recomendação de conteúdo inserida no contexto da escrita coletiva, pode potencializar a construção de Modelos Pedagógicos em EAD, uma vez que tal tecnologia pode favorecer recursos diferenciados e os envolvidos podem estabelecer relações a fim de determinarem os rumos das atividades acadêmicas.
modulo 1 modulo 2 modulo 3
Créditos/Referências